Escolha uma Página

Um número recorde de crianças e adultos estão sendo diagnosticados com TDAH, uma condição tipicamente caracterizada por desatenção, impulsividade e hiperatividade. TDAH tornou-se o distúrbio psicossocial mais comum em crianças, afetando quase 4,5 milhões de crianças.

Este diagnóstico em crianças é comum, ao passo que o diagnóstico na fase adulta é muitas vezes problemático devido a uma condição de TDAH já que os sintomas devem ter começado na infância. Também é um problema já que não existe um teste clínico para TDAH. A abordagem para obter os comprimidos envolve apenas você selecionar as opções certas no teste, o que naturalmente leva a erros de diagnósticos.

Com 11 por cento das crianças com idade escolar agora receberam um diagnóstico de TDAH, não é de admirar que muitos pais estão procurando uma segunda opinião e uma alternativa holística ao invés de ter que administrar medicamentos como Ritalin, Adderall, Dexedrine, Strateera ou Daytrana aos seus filhos todos os dias. Além disso, para adultos com horários apertados de trabalho e famílias para cuidar, efeitos colaterais comuns de medicamentos de TDAH como dores de cabeça, dor de estômago, tonturas, alterações de humor e pressão arterial elevada, muitas vezes parecem pior do que lidar com os próprios sintomas.

Meditação para o TDAH

Já falamos aqui no blog sobre a importância e os benefícios da meditação para o TDAH.
A meditação pode ajudar a tratar distúrbios não apenas de TDAH, assim como relacionados, tais como Asperger e transtornos de humor. Ao contrário das drogas, a meditação influencia a causa da doença em vez de criar um efeito temporário, que é capaz de melhorar constantemente a condição em uma base permanente.

Mas há uma falha fundamental na meditação para o TDAH. Se você tem TDAH, ou conhece alguém que tem, sabe que pode ser difícil entrar em um estado propício à meditação. Se este é o caso para os adultos, como podemos esperar que as crianças sentem na posição de lótus e meditem para alcançar um calmo, balanceado e centrado estado da mente. Raramente é possível, fato. Mas com o entretenimento do cérebro usando batidas binaurais(também conhecido como: binaural beats e brainwave beats) isso é muito mais fácil, porque tudo que você tem a fazer é ouvir com fones de ouvido. Idealmente, você estaria sentado ou deitado, mas o efeito ocorre no cérebro, por isso, mesmo que você fosse incapaz de se sentar (criança ou adulto) o cérebro ainda seria entretido.

Meditação com batidas binaurais para o TDAH

Quando o cérebro produz uma abundância de ondas cerebrais Alpha em um estado de foco e calma, propícia períodos de concentração e situações sociais. Quando o cérebro produz uma abundância de ondas Teta ele está em um estado muito relaxado, propício para meditação profunda. Estes são dois estados que quem sofre de TDAH luta para conseguir. Gravações de batidas binaurais enviam uma combinação de tons para o cérebro para ajudar a mover-se em tais estados. Então, digamos que você se sente incapaz de sentar e se concentrar em seu trabalho por mais de cinco minutos – um sintoma clássico de TDAH – você iria colocar uma gravação de ondas Alpha e entreter o seu cérebro para o estado desejado.

Nota: Quem sofre de TDAH deve evitar o uso de batidas binaurais ou quaisquer produto de estímulo de ondas cerebrais de engenharia na zona Beta. Gravações beta aumentam a atividade cerebral e são suscetíveis a fazer quem sofre de TDAH mais hiperativo e menos capaz de se concentrar.

Normalmente as gravações tem 30 minutos de duração e consistem em um tom constante tocando por baixo de um ambiente natural, como chuvas, ou música de meditação tranquila. Tudo que você precisa fazer é colocar os fones de ouvido, relaxar e apertar play. O estado de alerta relaxante que pode ser produzido usando batidas binaurais cria mais conectividade nas áreas frontais do cérebro – as áreas que controlam ações impulsivas, julgamento e as deixas sociais. Isso cria um painel cérebral mais coeso. Este funcionamento integrado fortalece os circuitos, criando uma melhor comunicação de uma parte do cérebro com a outra.

Teste batidas binaurais para evitar diagnósticos incorretos

É comum, especialmente para as crianças, expressar sinais de impulsividade, hiperatividade e desatenção; as crianças passam por estas fases. Da mesma forma que o stress, uma dieta pobre e falta de sono pode também provocar os mesmos sintomas em adultos. Por isso, é inteiramente possível que se diga a uma criança ou um adulto que eles têm TDAH sem que um médico realmente saiba se esse é realmente o caso. O diagnóstico funciona a medida em que se seus sintomas são reduzidos com a medicação, então você tem. Mas então, pesquisadores descobriram agora que a mesma medicação melhora a concentração e produtividade em adultos sem TDAH, tornando o diagnóstico um pouco problemático. Logo, se você suspeitar que tem TDAH, certamente vale a pena tentar batidas binaurais ao longo de algumas semanas para ver se você pode curar os sintomas de forma holística.

Combinando Meditação & Batidas binaurais.

Se você definitivamente têm TDAH, mas os sintomas são bem leves, você pode ser capaz de tratá-los com batidas binaurais. No entanto, se os sintomas são muito mais sérios, então uma combinação dos dois será uma solução mais apropriada. Não há nada que impeça você de melhorar o seu tratamento com batidas binaurais. Se o fizer, terá benefícios a longo prazo, porque estímulos durante muito tempo provocará uma mudança permanente, o que significa que em algum momento no futuro, você pode ser capaz de reduzir a quantidade de medicação que você toma.

Alguns dos benefícios da meditação binaural:

  • Aumenta a capacidade de concentração, memória e retenção de informação para aprender mais rapidamente
  • Melhora a qualidade do sono
  • Aumenta a criatividade
  • Balanceia os hemisférios cerebrais

Se você quer saber mais sobre meditação binaural para TDAH, recomendo este site.
www.meditacaobinaural.com

Comments

comments