Escolha uma Página

Olá TDAH ! Hoje vou falar sobre mais um tema recorrente na vida do TDAH.
Posso apostar que em algum momento da sua vida você já ouviu a famosa fraseVocê começa as coisas e nunca termina“. Eu mesmo já ouvi essa frase um bilhão de vezes do meu pai. Sei bem como é isso.

Você deve perceber que geralmente quando se tem uma boa ideia ela vem com uma carga de energia muito grande para podermos colocar nossa ideia em prática. Você começa um projeto novo, com todo o gás do mundo, como se fosse um corredor de 100 metros rasos dando o melhor de si. Acontece que, o tempo vai passando e você simplesmente vai perdendo esse gás e simplesmente vai desanimando, até chegar a um ponto de abandonar essa ideia ou projeto. O que resta é o sentimento de frustração.
Nesse momento nós percebemos que “a vida é uma maratona e não uma corrida de 100 metros”

O grande desafio então é: como manter a motivação? Parece algo tão difícil continuar um projeto por muito tempo? Por que essa energia e esse gás vão acabando? Isso é algo que não corre apenas com TDAH’s. Apesar de sofrermos mais com esse tipo de problema, várias pessoas também sofrem com isso.
A boa notícia é que existem meios para se manter focado e motivado em um objetivo apenas burlando alguns mecanismos do seu cérebro. Vou lhe dar algumas dicas sobre como conseguir manter o foco e a motivação. Usando alguns princípios que eu aprendi com o Coaching e a PNL, você vai terminar o que começou em 5 passos bem simples, veja:

Tenha uma imagem clara do objetivo final antes de começar.

Antes de começar algo novo é preciso para um tempo para refletir sobre todos os aspectos da sua meta. Imagine-se no final do seu objetivo, veja claramente o resultado final. Como você vai saber que conseguiu o que queria? O que você vai dizer para você mesmo naquele momento?

Escreva sua ideia ou objetivo no papel

Escrever uma meta ou objetivo no papel tem um impacto muito grande para seu cérebro. Essa atitude aumenta o sentindo de importância e direciona o seu foco para o lugar certo. Ter sua ideia anotada já é o primeiro passo para trazer sua ideia para o mundo físico

Descubra motivações secundárias

Quando você começa algo novo geralmente está apaixonado por uma ideia sobre o assunto, mas encontrar motivações secundárias irá te ajudar a permanecer empolgado com sua tarefa.
Por exemplo: Se você começar aulas de inglês muito provavelmente sua motivação primária é aprender inglês. No entanto, você pode se surpreender com motivações secundárias, como as amizades que você fará no local. Isso te ajudará quando você estiver desanimado com a aula em si e se lembrar dos bons amigos com quem vai encontrar lá.

Desista do perfeccionismo

Algo que sempre atrapalha quando começamos algo novo é querer fazer tudo perfeito da melhor maneira possível. Isso é bom, porém pode te atrapalhar e servir como desmotivador. Se você começa a executar um projeto novo, mas ele não sai perfeitamente como você quer, pode te desanimar um pouco. Porém, vale lembrar que feito é melhor que perfeito. Você pode sempre aperfeiçoar o que você está fazendo. O perfeccionismo cria a imagem do ideal, porém é preciso lembrar quem nem tudo vai sair como planejamos e é preciso não deixar o perfeccionismo te paralisar.

Envolva outras pessoas na tarefa

Imagine que você começou a fazer alguma atividade física. Pode ser que você acorde em uma manhã chuvosa e queira desistir desse seu novo hábito. Isso vai gerar uma instabilidade e você pode perder sua empolgação inicial. Mas se por outro lado você chamar alguns amigos para fazer exercícios com você é muito provável que eles te liguem e te convençam a sair de casa mesmo é um dia chuvoso. Envolver mais pessoas na sua Idea faz com que você tenha mais motivação externa.

Esses são alguns passos simples que podem ser úteis para você conseguir finalmente terminar aquilo que começou. Se você seguir essas cinco dicas simples é bem provável que você consiga finalmente chegar aonde quer. Eu mesmo procuro segui-las.
Em breve farei mais artigos que irão complementar ainda mais sobre esse assunto.

Se esse artigo foi útil pra você, deixe-me saber o que achou.

Forte abraço e até a próxima!

Comments

comments