Escolha uma Página
7 aplicativos que ajudam pessoas com TDAH a organizarem suas vidas

7 aplicativos que ajudam pessoas com TDAH a organizarem suas vidas

Existem 7 aplicativos que ajudam a organizar a vida de uma pessoa com TDAH, transtorno esse que prejudica a vida adulta de forma significativa.

Embora as causas possam ser tanto ambientais quanto genéticas, é fácil apontar que muitas pessoas podem de três tipos de TDAH:

  • TDAH com predomínio de sintomas voltados à hiperatividade,
  • TDAH com predomínio de sintomas voltados à desatenção,
  • E o TDAH combinado, com sintomas de ambos acima.

Enfrentar o TDAH, principalmente quando adultos, pode ser complicado pelo fato da falta de conhecimento e até o tratamento que outras pessoas dão a quem possui esse distúrbio neurológico.

Para facilitar a vida, pelo menos uma boa parte dela, muitos já estão buscando auxílio tecnológico, que nesse caso podem ser apontados, para esse artigo, como 7 aplicativos que ajudam a organizar a vida de uma pessoa com TDAH.

 

Qual é a importância desses aplicativos?

 

Todos concordam que a tecnologia, conforme acontece seu avanço, promove melhorias e aperfeiçoamentos em variadas áreas, inclusive da saúde.

Nesse caso, o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade também pode ganhar facilidades, com os chamados aplicativos.

Hoje, estão separados 7 aplicativos que ajudam a organizar a vida de uma pessoa com TDAH, pois na vida adulta, não podemos depender dos pais para a organização de rotinas diárias. Já as crianças com TDAH ainda possuem essa ajuda extra.

Mas qual é a real importância desses aplicativos para pessoas que sofrem com TDAH?

Como se sabe, o TDAH em adultos atinge diretamente o desempenho profissional e pessoal. Empregados com TDAH sofrem, constantemente, com o preconceito (causado pela falta de informação) de colegas – pois, o TDAH afeta a capacidade de cumprir horários e compromissos, impede uma boa organização, facilita o aparecimento de estresse e depressão e ainda influencia na vida a dois.

Os aplicativos, por isso, foram criados por diversas razões:

  • Promover uma melhor organização de tarefas para o dia a dia,
  • Melhorar a produtividade,
  • Servir de alerta (alarme) para compromissos e ocasiões que não podem ser esquecidos,
  • Facilitar uma melhor comunicação e convivência entre colegas – pois os problemas causados pelo transtorno serão evitados,
  • Permitir a realização de anotações (dados e informações) essenciais para não serem esquecidas futuramente.

Em suma, os 7 aplicativos citados abaixo são estratégias para não se abalar tão facilmente com o problema de TDAH. Mesmo que não existam soluções mágicas, esses aplicativos podem fazer uma enorme diferença em como você lida e organiza o seu cotidiano.

 

7 aplicativos que ajudam a organizar a vida de uma pessoa com TDAH

 

Os 7 aplicativos que ajudam a organizar a vida de uma pessoa com TDAH mais populares e eficazes são:

aplicativos tdah evernoteEvernote: o Evernote é um programa extremamente parecido com bancos de anotações, ou seja, um aplicativo que busca ser a solução ideal para quem passa o dia inteiro lidando com grandes quantidades de informações, que precisam ser de fato catalogadas para maior organização e, claro, para ser mais produtivo.

Importância para o TDAH: oportunidade para escrever anotações e lembretes sobre – basicamente – tudo, de modo que não haja esquecimento de qualquer coisa que possa ser essencial ao trabalho/estudo.

 

 

aplicativo any do tdahAny.do – Lista de tarefas: esse aplicativo lhe auxilia a gerenciar suas atividades (principalmente para quem possui um alto volume de itens para controlar), isto é, o aplicativo tem como meta administrar os seus afazeres diários e – principalmente – fazer com que você lembre de fazê-los.

Importância para o TDAH: pessoas com TDAH têm como sintomas a falta de cuidado com detalhes, em organizar tarefas e atividades, e até se esquecem de realizar algo que, na maioria das vezes, é importante.

 

 

 

 

Mobills – Gerenciador Financeiro tdah appMobills – Gerenciador Financeiro: o Mobills é um aplicativo de finanças pessoas, que permite um controle financeiro, de modo a administrar todas as despesas e gastos mensais, e até administrar seus cartões de crédito. O Mobills montará categorias das despesas e receitas, apresentando-as em forma de gráficos e relatórios.

Importância para o TDAH: não só o lado profissional é afetado pelo transtorno, por isso, o aplicativo garante um auxílio extra para avaliar a vida financeira, controlando todas as finanças e melhorando a qualidade de vida (diminuindo o estresse relacionado ao dinheiro e o próprio descuido – característica predominante da desatenção).

 

 

aplicativo tdah color noteColorNote: o aplicativo é muito funcional, pois é um bloco de notas virtual rápido e simples de ser usado. O ColorNote permite escrever e editar as notas, assim como lembretes, listas de compras, e-mails, por exemplo. E mais: cada nota pode ser separada por uma cor diferente, o que é um diferencial do programa.

Importância para o TDAH: o transtorno impacta o modo como a pessoa se concentra, organiza e administra suas tarefas. O aplicativo, nesse caso, é um substituto dos post-its.

 

 

android peak app tdahPeak: Peak é um aplicativo com jogos que permite aumentar o nível de habilidade cerebral, ou seja, são jogos desafiadores (mas divertidos) que promovem o alcance de metas, criação de hábitos saudáveis e que incentivam a memória, o foco, a solução de problemas, a linguagem e a agilidade mental.

Importância para o TDAH: pessoas que sofrem com sintomas de hiperatividade e impulsividade podem obter benefícios com o aplicativo Peak, pois características como inquietação e agitação podem ser abatidas com jogos que promovem a concentração e, além disso, voltar a aprender a seguir instruções (sintoma esse que a desatenção afeta em pessoas com TDAH).

 

 

Wunderlist tdahWunderlist: considerado como um dos melhores gerenciadores e organizadores de tarefas, esse aplicativo tem como característica a possibilidade de criar tarefas e projetos individuais e em grupo, criando lembretes, notas e listas, tanto para motivos pessoais quanto profissionais.

Importância para o TDAH: tanto com familiares como com colegas de trabalho, o aplicativo tem grande vantagem para pessoas com problemas de TDAH, pois deixa livre o compartilhamento de listas e compromissos com outras pessoas, o que, nesse caso, é essencial para uma comunicação efetiva entre todos. Ainda, garante que não haja esquecimento de ocasiões e datas importantes.

 

 

focus at will supera tdah aplicativo appFocus at Will: o aplicativo é serviço de música, desenvolvimento especialmente para ocasionar maior concentração e trazer, por consequência, maior desempenho da pessoa. É claro que o Focus at Will não tem como objetivo entreter, mas sim focar no sistema cognitivo.

Importância para o TDAH: pessoas com TDAH perdem a concentração e se distraem facilmente, e isso é um sintoma que pode ser diminuído e tratado através do aplicativo, pois ele age em partes do cérebro responsáveis por nossas emoções, nos mantendo calmos.

 

 

 

Mesmo com a existência dos 7 aplicativos que ajudam a organizar a vida de uma pessoa com TDAH, esses estímulos externos, como são chamados, ainda não possuem comprovação científica. Mas, apesar da falta de garantia por parte de cientistas e pesquisadores, o sucesso e a experiência de usuários garantem mudanças importantes, como melhora na performance, menos estresse, menos problemas familiares e profissionais e, claro, maior qualidade de vida. O funcionamento realmente impressiona, e o resultado vai de cada um, com sua persistência e real vontade de manter-se saudável o máximo possível mesmo com TDAH.

Update: Fiz um infográfico para facilitar o compartilhamento dessa mensagem:

infografico 7 aplicativos android adultos com tdah supera tdah

Clique na imagem para amplia-la

E você, usa ou conhece algum outro aplicativo que tem ajudado sua vida? Comente ai embaixo.

Forte abraço e até a próxima 😉

47 truques que podem mudar a vida de quem tem TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade)

47 truques que podem mudar a vida de quem tem TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade)

Michael Phelps, dono de múltiplas medalhas olímpicas de ouro na natação, tem TDAH. Assim como vários outros famosos e pessoas de sucesso. Se você foi diagnosticado com TDAH, você está em boa companhia. Enquanto pesquisadores e psiquiatras diferenciam o DDA do TDAH, a linha que separa os dois diagnósticos é muito tênue, por isso não fique muito preso nas diferenças indicadas por uma letra.

 

Características admiráveis

Se você tem TDAH, deveria saber que você tem algumas destas características:

  1. Você geralmente tem uma inteligência acima da média
  2. Você geralmente é bastante criativo
  3. Você costuma “pensar fora da caixinha” e tem soluções únicas para os problemas
  4. Você costuma ter bastante empatia e ser solidário
  5. Você encontra satisfação mesmo nos menores prazeres.

 

Desafios

  1. Na escola, você tende a ser o “bagunceiro”, embora essa atitude normalmente desapareça na idade da faculdade.
  2. Você tem dificuldade em se concentrar nas atividades escolares e tende a demorar mais para terminar as lições – (tanto as lições de leitura quando as de escrita).
  3. No trabalho, você pode ter dificuldades em se concentrar nas tarefas e projetos, particularmente aquelas que envolvem muitas etapas.
  4. Quando você finalmente consegue imergir em algo que realmente te interessa e estimula, você mergulha naquilo como ninguém, e sente dificuldades em “romper” com essa atividade.

Para encarar esses desafios e deixar suas grandes qualidades se manifestarem, aqui estão 41 dicas para usar diariamente:

  1. Reparta as tarefas em ações menores

Toda vez que você tiver alguma tarefa que envolva muitas fases, faça uma coisa de cada vez. Liste cada fase em um papel, assim você pode seguir as etapas na sequência certa.

 

  1. Mantenha seu cérebro organizado.

Se você se distrai constantemente com pensamentos persistentes enquanto tenta estudar ou trabalhar, escreva-os em um papel. Isso vai te ajudar a manter o foco no que você deveria estar fazendo.

 

  1. Mantenha uma Lista de Afazeres na sua frente.

Não em uma pasta do seu computador, ou em algum lugar da sua agenda. Você precisa mantê-la no seu campo visual todo o tempo para ajudá-lo a manter o foco e realizar mais todos os dias.

 

  1. Apegue-se a sua Lista de Afazeres.

Agarre-se a ela até tudo estar marcado como feito, ou até que você repasse tarefas incompletas para uma nova lista. Se você não fizer isso, esquecerá algo ou pulará algum passo importante do processo.

 

  1. Escolha apenas um local para guardar suas coisas.

Tenha apenas um lugar para guardar coisas importantes – chaves, celular, bolsa, carteira – e isso conta tanto em casa quanto no trabalho.

 

  1. Mantenha suas coisas organizadas

Compre uma caixa, cesto ou pasta organizadora bem bonita e divida-os em compartimentos. Etiquete cada compartimento com as categorias necessárias para organizar suas coisas; isso o lembrará de colocar cada coisa em seu devido lugar.

 

 

  1. Tenha um calendário ou uma agenda à mão.

Anote cada compromisso. Se você usa algum aplicativo para organizar essas datas, você também deve imprimir esse calendário e colá-lo na sua parede, porque você precisa do estímulo visual que você terá diariamente.

 

  1. Cheque tudo duas vezes.

Cheque seu calendário toda noite antes de dormir e novamente pela manhã assim que acordar. Lembretes repetitivos sempre ajudam.

 

  1. Isole-se quando precisar se concentrar.

Ache para você um lugar calmo e isolado quando precisar focar em alguma tarefa. De preferência um ambiente sem janelas/janelas com “veda luz”, sem barulho ou no máximo um “ruído branco”. Se você não conseguir bloquear o barulho externo, use tampões de ouvido.

 

  • Use ferramentas para limitar seu acesso à Internet.

Se você tem que usar um computador para a escola ou para o trabalho, instale um aplicativo ou ferramenta que bloqueie a Internet ou pelo menos o acesso a seus sites favoritos.

 

  1. Não sobrecarregue seu espaço de trabalho/estudo.

Mantenha sua casa e espaço de trabalho/estudo o mais organizado e limpo possível. Algumas pessoas trabalham normalmente em meio a bagunça – você não.

 

  1. Mantenha seus objetos importantes ao alcance.

Mantenha todos os objetos que você levará para a escola ou trabalho na manhã seguinte separados em um lugar específico, incluindo livros, pastas, chaves, celular e carteira/bolsa.

 

 

 

 

  1. Não se distraia com a TV – desligue.

Por falar em manhãs, não ligue a TV pela manhã enquanto se prepara para o trabalho ou escola. É muito fácil se deixar distrair pelas últimas notícias. Opte por ouvir o rádio no seu trajeto.

 

  1. Deixe de lado seu celular quando estiver ocupado.

Deixe-o com alguém em quem você confie enquanto estiver em alguma tarefa ou projeto. Alerte a pessoa para atender apenas ligações da família, em caso de emergência.

 

  1. Não tente permanecer na mesma tarefa por períodos longos.

Faça pausas frequentes e EXERCITE-SE quando estiver nesses intervalos, especialmente se você tiver TDAH. Ajuste um temporizador para os intervalos, porque é bom aguardar pelo “ding”.

 

  1. Não deixe a Internet se tornar uma distração.

Limite seu tempo na internet com a ajuda de um software, estabelecendo uma quota diária.

 

  1. Aproveite o poder do hiper foco.

Se você estiver totalmente absorvido em um projeto, não interrompa o fluxo. Há momentos em que imergir completamente na tarefa é um ponto positivo.

 

  1. Se você tiver uma ideia, anote-a imediatamente.

Tenha um espaço em todos os cômodos para anotar o que vier à mente. Use um quadro branco ou simplesmente um bloquinho de papel. Você pode ajuntar essas listas depois, uma vez ao dia.

 

  1. Antecipe-se.

Programe todos os relógios e viva como se estivesse 5 ou 10 minutos adiantado a todo mundo. Se você se distrair um pouquinho, ainda estará em tempo.

 

  1. Pague todas as suas contas de uma só vez.

Planeje para que todas as suas contas tenham datas de vencimento próximas. Geralmente, as contas a pagar vencem entre os dias 1º e 10 de cada mês. Entre em contato com os credores e solicite datas próximas para o pagamento. A maioria permite alterações.

 

  1. Use tecnologia para se manter em ordem com os pagamentos.

Se você tem problemas em se lembrar de pagar as contas, coloque-as em débito automático na sua conta bancária. Outra opção é pagar suas contas online e checar cuidadosamente seu histórico de pagamento. Todos os bancos listam tudo o que foi pago, com as datas dos respectivos pagamentos. É fácil checar possíveis casos de fraude.

 

  1. Não tente limpar todos os dias.

Programe um dia da semana para a faxina. A sujeira não vai a lugar algum.

 

  1. Tenha um backup de remédios com você.

Carregue consigo ou tenha uma pequena reserva de medicamentos na sua mesa do trabalho, no caso de você se esquecer de tomá-los. Em algum momento você se lembrará deles e ficará agradecido por ter se preparado.

 

  1. Conte com quem você ama.

Amigos e familiares que te apoiam o ajudarão a se lembrar de coisas ou compromissos que você deve fazer.

 

  1. Premie-se

Premie-se quando finalizar tarefas. Quanto maior a tarefa ou projeto, maior o prêmio.

 

 

 

 

  1. Racione leituras longas

Se você tem leituras longas para fazer, divida o livro em seções até o prazo final. Marque cada seção com um post-it  e leia cada divisão no seu tempo programado.

 

  • Divida grandes projetos em pequenas tarefas

Para longas atribuições ou projetos, divida-os em tarefas menores e programe-os em um calendário na sua parede.

 

  1. Múltiplas tarefas é seu inimigo.

Pare de tentar ser multi-tarefas. Algumas pessoas conseguem – você não, e está tudo bem. Na verdade, múltiplas tarefas fazem bem para ninguém.

 

  1. Use sua voz para memorizar coisas importantes.

Quando alguém te der uma informação ou instrução importante verbalmente e você não tiver aonde anotar, repita de 3 a 4 vezes as instruções em voz alta até você encontrar algo em que possa anotá-las.

 

  1. Esteja sempre preparado para tomar notas.

Leve com você para todo lugar um bloco de papel – mesmo um daqueles pequenos. Você também pode usar aplicativos como o Evernote, mas você terá de lembrar de acessá-lo pelo menos uma vez no dia e repassar as anotações para uma folha de papel que ficará visível na sua parede.

 

  1. Sentindo-se emotivo ou estressado? Primeiro, acalme-se.

Não inicie uma tarefa ou projeto se estiver sentindo-se emotivo, especialmente triste. Espere até estar com as emoções mais estáveis.

 

  1. Impaciente-se respeitosamente.

Se você precisar bater, sacudir a perna, ou qualquer coisa parecida enquanto trabalha ou espera em uma reunião, faça o mais discretamente possível para não incomodar os outros. Explique que isso o ajuda a se concentrar.

 

  1. Purifique-se.

Não acumule. Ao terminar um trabalho, livre-se de toda a papelada inútil, não guarde.

 

  1. Caminhe e converse.

Quando você estiver em uma ligação importante, caminhe enquanto fala. Você ficará mais focado.

 

  1. Pense antes de falar.

Invente um sinal para si mesmo antes de dizer algo na aula ou em uma reunião. Esse sinal pode ser tão simples quanto encostar um dedo no lábio, por exemplo. Isso o lembrará de pensar antes de falar algo que pode fazê-lo se arrepender depois.

 

  1. Abrace os post-it.

Compre bloquinhos de post-it. Anote seus afazeres, um por um, nos papéis adesivos e grude-os no painel do carro. Conforme for terminando cada tarefa, livre-se do post-it. Dá uma sensação boa fazer isso.

 

  • Use cores para categorizar prioridades.

Use post-it coloridos para priorizar seus afazeres. Post-it vermelho para o que tem mais urgência e assim por diante.

 

  1. TDAH não define quem você é.

Lembre-se constantemente de todas as suas qualidades e talentos. Justin Timberlake, Jamie Oliver, Richard Branson e até mesmo Ryan Gosling estão na mesma luta que você!

 

  1. Não deixe seu cérebro ativo te impedir de dormir.

Se você acordar no meio da noite por causa de pensamentos persistentes em sua cabeça, acenda a luz, escreva seus pensamentos em um pedaço de papel, e volte a dormir.

 

 

  1. Deixe-se distrair quando puder.

Deixe-se distrair quando não for tão importante. Está tudo bem parar de lavar a louça se você escutar algo na TV que quer ver e ouvir.

 

  1. Rir é o melhor remédio.

Encontre a graça no seu TDAH e ria. Você se sentirá melhor.

 

  • [alert style=”purple”] *BONUS
    1. Medite.

    A medicação é capaz de melhorar a sua capacidade cerebral e diminuir os e as vezes até anular os sintomas do TDAH

     

    1. Faça Auto-hipnose.

    A AUTO HIPNOSE é uma ferramenta eficaz de auto ajuda cujos princípios básicos podem ser aprendidos em poucas horas, e eles são mais bem aprendidos quando se segue um “manual de instruções”..

    1. Alimente-se melhor.

    A alimentação correta pode fazer com que seu desempenho tanto físico quanto mental alcance sua exelencia.

    1. Use aplicativos para te ajudar.

    Existem diversos aplicativos para smartphones e tablets que podem te ajudar a organizar sua vida, e o melhor: gratuitamente.

    1. Aproveite o dia

    Aproveite o dia de hoje para implementar alguns destes hábitos na sua vida

    1. Acesse o Supera TDAH

    Acessando o este site todos os dias você alimenta seu cerebro com as melhores informações e novidades sobre mundo TDAH aproveite sem moderação 😉

     

    [/alert]

Ter TDAH é ao mesmo tempo uma benção e uma maldição. Sim, você é destrutível; você é “impaciente”; sim, você tem mais dificuldade em se concentrar para terminar suas tarefas. Mas você também é uma pessoa cujo cérebro está em modo “turbo” mais frequentemente do que o das outras pessoas, e isso o permite ser um solucionador de problemas criativo! Usar essas dicas irá ajudá-lo a minimizar suas “maldições” e maximizar suas bênçãos.

Artigo traduzido e adaptado de: LifeHack
TDAH – Cerebro Direito e os Hemisférios Cerebrais

TDAH – Cerebro Direito e os Hemisférios Cerebrais

Bem vindo (a) ao blog Supera TDAH! Hoje vamos abordar um tema que pode ajudar a esclarecer muito sobre como funciona a mente de um TDAH, vamos falar sobre hemisférios cerebrais.

Mas antes de começar, que tal uma breve explicação sobre o que é TDAH? TDAH é Transtorno de Déficit de Atenção, também conhecido como DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção) e atinge de 3 a 5% das crianças e adolescentes. É um transtorno neurobiológico que normalmente é diagnosticado na infância e que acompanha a pessoa durante toda a vida. Os sintomas mais comuns são  desatenção, inquietude e impulsividade.

Mas, o que tudo isso tem a ver com os hemisférios cerebrais? Primeiro precisamos entender um pouco sobre como o cérebro é dividido, mas fique tranquilo que nós não vamos nos aprofundar em neuro anatomia.

O que você precisa saber, na verdade, é que seu cérebro é dividido em dois hemisférios. E que como o ganhador do Prêmio Nobel de 1981, Roger W. Sperry descobriu, a divisão do cérebro não é apenas física, mas também relativas às suas funções.

Segundo ele, o lado direito era voltado para a criatividade e imaginação, enquanto o esquerdo cuida da lógica e raciocínio. Depois de muito tempo e pesquisas mais avançadas com tecnologias novas, foi descoberto que a coisa não era tão simples assim e o cérebro de cada pessoa possui peculiaridades incríveis.

Outra curiosidade bem legal é que os hemisférios cerebrais também podem ser mais ativos em mulheres do que em homens. Mulheres costumam ter o hemisfério esquerdo – que é responsável pela fala, mais desenvolvido do que o direito, enquanto os homens costumam ter o hemisfério direito (responsável pela localização e percepções espaciais) mais desenvolvidos. Por isso, nada de brigar com sua esposa quando ela errar o caminho ou brigar com o namorado quando você parecer estar fazendo um monólogo. É tudo uma questão de neuro anatomia.

Além disso, algumas funções como reconhecimento de imagens e habilidades musicais são um trabalho para os dois hemisférios do cérebro.

O mais interessante de tudo isso é que todos nós temos um lado do cérebro que é dominante ao outro. E não é preciso fazer muito esforço para saber qual a parte dominante de quem tem TDAH… Obviamente é o lado direito, da criatividade e imaginação. E isso não é apenas dedução não, já existem pesquisas científicas na área que comprovam isso.
hemisferios cerebrais

E como diria o Dr. Lair Ribeiro…  “Um pássaro não voa com uma asa só, por mais forte que ela seja. O ideal é nos equilibrarmos os hemisférios cerebrais

Portanto, procurar balancear os hemisférios cerebrais pode trazer muitos benefícios para quem tem TDAH, chegando até mesmo a diminuir os sintomas.

[alert style=”purple”] Como equilibrar os hemisférios direito e esquedo do cerebro?[/alert]

  • Ginástica cerebral
  • Meditação
  • Auto-hipnose
  • Sons bineurais

Fique ligado aqui no blog pois nós vamos abordar tecnicas para balancer os dois hemisférios.


Alguns especialistas insistem em afirmar que essa separação não existe, mas abaixo podemos ver uma palestra da neurocientista Jill Bolte Taylor, contando suas próprias experiências sobre os hemisférios cerebrais. No vídeo ela conta como ela, uma neurocientista, vivenciou um derrame e como sentiu os 2 hemisférios cerebrais se separassem. O vídeo é realmente incrível, você precisa assistir.

O que leva alguns cientistas a acreditarem que essa divisão não existe é que alguns pacientes tiveram um hemisfério cerebral retirado e continuaram exercendo as funções daquele hemisfério. Por exemplo, um paciente que teve o hemisfério cerebral esquerdo retirado (responsável pela fala), pode continuar falando e se comunicando. Mas isso também pode acontecer devido a plasticidade cerebral, ou seja, em caso de ter o lado esquerdo retirado, o lado direito assume algumas funções para que o indivíduo consiga viver normalmente.

 

Recapitulando tudo o que aprendemos aqui:

  • O TDAH tem tudo a ver com os hemisférios cerebrais.
  • Nosso cérebro é dividido em dois hemisférios, um criativo e outro lógico.
  • Quem tem TDAH costuma ter o lado criativo mais ativo.
  • Homens e mulheres tem os hemisférios mas ativos ou inativos, por isso alguns comportamentos são totalmente biológicos e não somente cultural.
  • Para amenizar os sintomas do TDAH  uma boa saída é balancear os dois hemisférios cerebrais através de ginástica cerebral, meditação, auto hipnose e/ou sons bineurais.
  • Mesmo havendo essa separação, o cérebro é um órgão que pode sofrer plasticidade, ou seja, caso algum dos hemisférios venha a sofrer algum problema ou seja retirado, o outro hemisfério vai tomar para sí as funções do outro, fornecendo ao indivíduo a vida mais normal possível.

Espero que tenham gostado desse artigo e se ficaram com alguma dúvida comente, será um prazer ajudar! E se quiserem saber algo mais sobre TDAH ou sobre os hemisférios cerebrais, comente também, quem sabe o nosso próximo artigo não é sobre o que você quer saber?

É serio pode comentar, é de graça 😉

Você nunca foi burro! Saiba por que

Você nunca foi burro! Saiba por que

Desde cedo somos ensinados que só há dois tipos de pessoas, as inteligentes e as burras. Esse modelo de pensamento pode causar muito prejuízo, principalmente a jovens TDAHs que em alguns situações são chamados de burros, O motivo ´que, por terem esse “problema” possuem uma “deficiência” no aprendizado levando a tal denominação de “burros”.  Nas escolas, principalmente é comum ver alunos separados por turmas fracas e turmas mais fortes, onde a turma forte seria teoricamente de alunos mais inteligentes do que a segunda.

Felizmente, isso tem mudado em muitos países de primeiro mundo por conta de um modelo chamado “Teoria das Inteligências Múltiplas” criado por Howard Gardner, psicólogo cognitivo e educacional nos Estados Unidos professor na Universidade de Harvard.  Esse novo conceito de inteligência vem mudando radicalmente a forma de ensino no mundo todo e impactando positivamente a vida de milhares de jovens que hoje podem aprender melhor a desenvolver suas inteligências. Oestudo de Howard Gardner propõe que nós não temos apenas um tipo de inteligência. Cada ser-humano tem combinações diferentes de inteligência que,  ao todo, são 9 tipos diferentes.

E quais são esses tipos de inteligencia?

Inteligencias Multiplas TDAH

Inteligencia Verbal Consiste na capacidade de se expressar por meio da linguagem
Exemplos: Escritor, professor, palestrante

Inteligencia Musical A capacidade de  identificar e diferenciar sons e notas musicais
Exemplos: Mùsicos, instrumentistas.

Inteligencia LógicoMatemática A capacidade de analisar problemas de forma lógica, de investigar cientificamente e facilidade em resolver problemas matemáticos
Exemplos: Cientista, engenheiro, contador

Inteligencia Espacial A capacidade de  visualizar paisagens e formas de maneira tridimensional e de reconhecer e usar padrões de espaços abertos e de aréas restritas
Exemplos: Arquiteto, motorista, paisagista

Inteligencia Corporal  A capacidade de usar o corpo para gerar resultados;a capacidade de corrdenação motora
 Exemplos: Atletas, dançarinos, atores

Inteligencia Interpessoal  É basicamente a capacidade de se relacionar com outras pessoas e interpretar nuances de sentimentos e expressões do outro
 Exemplos: Políticos, diplomatas, vendedores

Inteligencia Intrapessoal  É a capacidade de reconhecer interpretar e resinificar seus próprios sentimentos, emoções e expressões.
 Exemplos: Lideres religiosos, filósofos

Lembrando que as duas ultimas inteligencias interpessoal e intra pessoal juntas formam o que se chama de inteligência EMOCIONAL.

Você pode descobrir qual inteligencia é a mais desenvolvida em você a partir deste teste

Apesar de nós termos algumas inteligencias mais apurada que as outras, a boa notícia é que nós  desenvolver nossas inteligencias. Acompanhando o blog do SuperaTDAH você vai ter a oportunidade de ver diversos artigos sobre aumento de inteligencia então fique ligado!